sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Sobre A louca da gravidez =(

Primeiro: Título da postagem inspirada na louca do bebê.

Segundo: Post tipo desabafo, você não precisa comentar, não vai ser engraçado, não vai acrescentar em nada e vai ser cheio de mimimi.

Terceiro: Se você é uma das pessoas que lêem o blog e me encontram pessoalmente, favor fingir que nunca leu esse post e não comentar comigo ( e espero que com outros) sobre...

Aí que a pessoa fica duas semanas sem dar sinal de vida, de fumaça, nem nada. O que acontece é aquilo, o tal do medo. Medo de curtir a gravidez, medo de tirar fotos e mais fotos e divulgar e babar e depois acordar do sonho. Medo de ser feliz de verdade, curtir a barriga, sonhar. Não que eu não sonhe, sonho muito, já tenho tudo programado na minha cabeça de como será a vida inteiro desse bebê, mas sabe na hora de aproveitar? eu travo.

Na última consulta que tive com o doctor ele achou um pólipo, disse que não é nada, não interfere em nada na vida do baby, mas sangra. E pra quem já teve um aborto que nunca teve sangue vivo, apenas a tal borrinha, e agora ficar assim, com a tal da borrinha de novo, é muito difícil. Acordo, choro, sofro, irrito o Bruno, e no dia seguinte vou trabalhar linda e formosa como se nada estivesse acontecendo. As pessoas não percebem a minha não-empolgação. Pra todo mundo eu to tão segura, tão tranquila, mas só eu sei a tempestade que tá aqui dentro.

Em 5 semanas que sei do bebezinho aqui dentro fui à emergência 4 vezes, e TODAS as segundas-feiras no consultório do meu médico no hospital onde trabalho. Fiz duas ecografias, eletivas, porque na emergência nunca acharam que fosse necessário (e realmente não era.)

O meu primeiro medo era sobre o coração do baby, com 5 sem e 5 dias fiz uma US onde os batimentos deram 111. Muito medo, na ultima gravidez deu 108 e vcs já sabem o resultado. E é impossível evitar comparação.

Conseguí fazer mais uma US, no último sábado, com 8 semanas. Batimentos à 165, bebe com 1,5 cm, todo lindo, todo felizinho lá dentro, quentinho, piscando, sem hematoma, sem descolamento, sem nada. Tá tudo bem, tá tudo tranquilo, agora posso descansar. =)

Só que não, ontem sangrou (qd me refiro a sangue imagine uma bolinha mínima de sujeirinha) e eu já desesperei, queria ir na emergência, queria ver o baby, chorei, irritei o Bruno. Mandei email pro chefe dizendo que não ia, avisei que não daria carona pra menina do trabalho, surtei. Aí o Bruno chamou pra uma conversa séria.

Chega de ser menina, você vai ser mãe, mães são fortes, mães não ficam com esse medo todo bobo. e mais um monte de outras coisas..

Coisas que me fizeram perceber que me falta fé. Me falta fé de que as coisas vão acontecer (ou não) do jeito que têm que ser, não adianta ir fazer ecografia todos os dias pra ver se o bebê tá bem, não adianta tomar quilos de progesterona sendo que eu não tenho nenhuma indicação clínica de que precise, só pra me confortar. Não tem nada que eu possa fazer (alem de uma boa alimentação e não me estressar) que faça o bebê viver, só Deus. Só Ele que sabe se vai dar tudo certo ou não, e é por Ele que cada célula se desenvolve, é o tal milagre da vida, e é realmente um milagre, porque as coisas só acontecem por Ele e para Ele. Não adianta nada chorar, desesperar, não aproveitar.

Tenho medo de me arrepender depois de ter aproveitado (?!) em vão, caso algo aconteça. Mas quer saber? preciso aproveitar cada segundo dessa vidinha aqui dentro, e se as coisas não derem certo, pelo menos fomos felizes enquanto durou né?

Esse texto é pra eu ler e reler todas as vezes que a neura aparecer, são palavras muito sinceras que eu espero realmente que virem verdade na minha vida.

Preciso relaxar, o Bruno precisa, o baby precisa. E deixar Deus trabalhar.

´´Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera. `` Isaías 64:4

Não perca no próximo post: As dindas chegaram do exterior, ganhamos muuitos presentes e sim, vou tirar fotos da barriga e ser feliz =D

Beeijos!

Ahh, amor, MUITO OBRIGADA por ser quem você é, a cada dia tenho mais certeza que Deus te fez pra mim, muito obrigada por não cair na pressão, por ser pé no chão, por ter fé, por me amar acima dos meus problemas, por me inspirar a ser melhor a cada dia. Você vai ser o melhor pai que uma criança poderia ter, e já é o melhor marido que eu poderia sonhar. Te amo cada dia mais.

15 comentários:

  1. Jacky, acho completamente normal você ficar assim, qualquer mulher fica com medo quando está grávida, com muito medo eu diria, mas como você disse Deus está cuidando de vcs (vc e do baby).Desejo do fundo do coração que esse medo vá embora e você possa curtir muito sua gravidez,que tenho certeza será muito abençoada!Bjuss e forças!

    ResponderExcluir
  2. Jacky, não se culpe pelo medo, vc passou por algo difícil e é normal sentir isso agora. Mas, não se priva de aproveitar cada minuto, reze, peça para Deus cuidar de tudo que ele vai cuidar :)
    Nós aqui estamos torcendo para que sua gravidez seja tranquila e cheia de felicidades, sua parte é se cuidar e acompanhar direitinho o desenvolvimento do baby.

    Bjo e bom carnaval.

    ResponderExcluir
  3. Querida,

    Sei bem o que você está passando, mas concordo com o Bruno. Aproveite! Se jogue, ame, participe, sonhe, antecipe, curta! Este amor é tão grande e tão especial que merece ser aproveitado a cada segundo e a cada mudança.

    Estou orando por você. Se apegue a Deus que tudo dará certo!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Miga, minha gravidez sempre foi tranquila e super normal, nunca tive um aborto ou qualquer sangramento...e mesmo assim passei pelas MESMAS inseguranças que vc... e ainda passo! Vontade de ver o bebe toda semana..medo de ir na eco e o coração não bater..medo de curtir toda gravidez e no último momento esse bebê tãoo esperado e planejado ser tirado de nós, assim derepente..mas fazer o q neh..é confiar em Deus..curtir..e aprender a lidar com essas paranoias que fazem parte da vida de toda gestante que quer bem o seu pedacinho de gente q está dentro de si! Hj mesmo eu estava no CMEI, dançando e pulando com as cças e pensei..puxa, q estranho..o bebê não ta mexendo, to pulando e a barriga não ta doendo (das outras vezes q pulei deu um desconfortozinho)..será q é normal? será q ela ta viva? pararei tudo q tava fazendo..fui a té a cozinha..peguei um iogurte docinho (pq ela sempree mexe quando a mamãe come coisas doces) e la fiquei eu..comendo dois potes de iogurte..bem quietinha..com a mão na barriga..e ORANDO pra que ela desse um sinal de vida...um chute, uma mexidinha...qualquer movimento!..Foi então q na segunda colherada..eis q ela acordou..e começou a bagunçar.. UFA, que alívio! Ser mãe..é mesmo padecer no paraíso! Vai com fé.. e pensamento positivo! Tudo vai dar certo!

    ResponderExcluir
  5. Oi flor, eu tb tive tanto receio amiga e perdi minha bebe, e sei que qd engravidra acredito que todas essas preocupações tb faram parte de mim, porque só quem passa pela experiencia da perda sabe e entende o pq desses nossos receios...mas ainda assim, busque curtir e se permitir, afinal, seu baby senti tudo o que vc sente e ele precisa se sentir protegido e segura, naquilo que depende só de vc...fique em paz Deus tem cuidado de vcs

    ResponderExcluir
  6. Minha amiga o medo é normal, mais nao deixe que isso atrapalhe sua gravidez vaidar tudo certo pois foi deus que te deu esse lindo presente quando precisar to aqui beijoos

    ResponderExcluir
  7. Jacky, eu nunca sofri um aborto mas perdi meu filho prematuro de 27 sem, no 3º dia de vida dele (vc deve ter visto isso no meu blog), e claro que nessa nova gestação o medo vive me assombrando e quanto mais perto das 27 semanas vou chegando mais medo eu sinto. Tenho culpa? Claro que não, isso é normal. Vc teve o aborto no inicio e não tem que se sentir culpada pelo medo que sente agora, vc vai ver que com o passar das semanas, com a barriguinha tomando forma o seu medo vai diminuir, pq terá passado da fase que vc abortou. Vc está fazendo tudo e mais um pouco pra levar essa gestação adiante, então agora o próximo passo é acreditar em Deus, depois em vc e no seu médico. Meu médico é especialista em alto risco, se vc quiser fazer uma consulta com ele eu te dou o numero (sou de Ctba tbm né), ele é um anjo na minha vida, e sempre que quiser desabafar conte cmg. Meu email é prigluck@hotmail.com.
    Beeijo

    ResponderExcluir
  8. amiga linda querida já tive sim aborto e te entendo muito bem, ainda tenho muito medo de perder meu baby, mais todas as vezes que penso nisso faço algo para esquecer reprendo esse tipo de pensamento e oro muito a Deus, pois é como seu marido falo temos que ser forte pois somos mães não vamos virar superman , mais saber lida com a situação obvio que terá vezes que vai chorar sim,
    terá duvias e medo mais não pode deixar isso toma conta da sua vida sobre as fotos e diversão seu baby já faz parte de você amiga curta sim muito esse momento cada momento


    espero ter ajudado um pouquinho
    lindo fim de semana
    beijokas

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Boa noite. O medo é normal, eu nunca tive um aborto e tmb me sinto assim,as vezes fico meio depressiva. Mais temos que aproveitar cada segundo pois passa tao rapido. E acima de tudo termos fé. Estou seguindo seu blog, depois me faça uma visita www.aesperadomeubernardo.blogspot.com.br Um grande beijo e se cuida

    ResponderExcluir
  10. Jacky, não se sinta culpada porque todas as grávidas passam por isso, têm medos, é normal, e tu que já sofreu um aborto então, o medo é em dobro. Mas concordo com o Bruno, você tem que relaxar a aproveitar o aqui e o agora, não pensa no que pode acontecer, pensa no que está acontecendo, converse com seu bebê, fica imaginando como ele vai ser, como vai ser o quartinho, as roupinhas, pensa até na festa de 1 aninho já hehehe mas tenha fé, quando vier um pensamento negativo, espanta ele, pensa em coisas bonitas, pensa no seu baby sorrindo pra ti daqui um tempo, faça uma oração, conversar com Deus é tão bom e deixa a gente mais leve né? :)

    Ah, não sou mãe ainda, mas todos sabem disso: depois de ser mãe, os medos só aumentam ehehe

    Bom find, bom carnaval pra vocês três.

    ResponderExcluir
  11. ahhh obrigada Jacky! =)
    e claro que será lindaa! vcs escolheram o nome pra menina Mel mesmo?
    e pra menino?

    Nossa, nem posso te julgar pelo seu medo, pq eu era igual, rsrs
    Mas posso falar? acho que quase todas sao assim!
    e outra coisa só vc sabe como sofreu da outra vez e quer fazer tudo que vc pode fazer pra ele(a)!!
    mas fique calma pq esta tudo perfeito e vai continuar ate as 40 semanaas assim, pode crer!

    bjs,bjs!

    ResponderExcluir
  12. esqueci de dizer que no inicio da gravidez da Mel eu tive sangramento e com "pedaços", menina tinha certeza que nao iria pra frente....e ficou com isso 3 dias!!!
    e hj a Melzinha ta aqui!

    ResponderExcluir
  13. Jacky, nunca passei por essa situação, mas consigo te entender perfeitamente.
    Só lembre que Deus já tem tudo programado antes mesmo de colocar esse bbzinho ai na sua barriga, então confie Nele pq Ele sabe exatamente o que faz!
    E vai curtir essa gravidez, babar mto na barrigona, menina! rs
    Bjos!

    ResponderExcluir
  14. Jacky, super entendo seus medos e tbm ficaria um pouco neurótica se tivesse um aborto anterior. O maridão tem toda razão, vc esta vivendo OUTRA gravidez, então nada de comparação.

    Se a gente não sabe do futuro, é melhor viver o presente intensamente ou com medo do que pode acontecer??

    Então amiga, se joga nas compras, nas fotos da barriga e viva tudo que pode!!!

    Bjuus

    ResponderExcluir

Comeeenta!